dentro

Atitude de Felipe Melo durante confusão incomodou seus antigos companheiros de Palmeiras

A postura de Felipe Melo na confusão no intervalo do jogo entre Fluminense e Palmeiras, neste sábado, no Maracanã, gerou incômodo no Verdão.

Atleta do clube até o fim do ano passado, o volante apareceu em imagens gesticulando bastante em direção aos jogadores com quem atuou nos últimos anos. A atitude e as ofensas proferidas geraram surpresa e decepção na delegação alviverde.

Em uma postagem no Instagram, o jogador do Fluminense refutou a versão publicada pelo ge e disse que tem “respeito a gratidão a todos ex-companheiros” de Palmeiras.

O desentendimento começou entre os auxiliares das duas equipes no fim do primeiro tempo, especialmente Vitor Castanheira, do Palmeiras, e Eduardo Barros, do Fluminense. O clima esquentou na ida para o vestiário no intervalo.

Antes do confronto, o clima era pacífico, e Felipe Melo foi até o banco de reservas cumprimentar Abel Ferreira e seus ex-colegas.

O técnico português foi perguntado sobre a confusão e se chegou a conversar com Fernando Diniz depois disso, mas desconversou.

– Tenho me controlado, quero estar assim, faz tempo que não tomo amarelo, teve um “sururucu”, mas cada um foi para um lado e passou – resumiu.

Com o empate por 1 a 1 no Maracanã, o Verdão se manteve na liderança do Brasileiro, com oito pontos de vantagem para o Fluminense, vice-líder.

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.