Arthur do Val sai em defesa de Guilherme Boulos e diz que ‘bolsonarismo usa lei para perseguir oposição’

arthur do val

O deputado estadual por São Paulo e integrante do Movimento Brasil Livre (MBL), Arthur do Val (Patriota-SP), saiu em defesa do líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos (PSOL-SP), nesta última quinta-feira (22).

O parlamentar comentou nas redes sociais sobre a notícia envolvendo a apuração aberta pela Polícia Federal (PF) contra o psolista por suposta ameaça ao presidente Jair Bolsonaro.

Em uma publicação no Twitter, no último dia 20, Boulos escreveu: “Um lembrete para Bolsonaro: a dinastia de Luís XIV terminou na guilhotina”.

Ao falar sobre o inquérito contra Boulos, Arthur traçou um paralelo com a prisão do deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ), já que ambas as demandas judiciais foram embasadas na Lei de Segurança Nacional (LSN). Para ele, contudo, as situações são completamente diferentes.

“Não há semelhança entre os casos Daniel Silveira e [Guilherme] Boulos. Com Daniel, a lei (que não gosto) foi usada corretamente. STF e Câmara referendaram a decisão”, escreveu.

“Com Boulos, o bolsonarismo usa a lei para perseguir a oposição. Não se trata de gostar do Boulos, é sobre respeitar a lei”, acrescentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.