Árbitro de futebol é agredido e desmaia durante jogo

Sem titulo 67

O árbitro Rodrigo Crivellaro foi agredido pelo jogador Willian Ribeiro durante partida entre o Guarani e o São Paulo de Rio Grande, na noite desta segunda-feira (4), no Rio Grande do Sul. Imagens mostram o momento em que, já no chão, o juiz de futebol leva chutes e desmaia. 

Ao notarem que o árbitro perdeu a consciência, os demais atletas pedem a entrada de uma equipe médica. Devido a agressões, o jogo foi suspenso aos 15 minutos do segundo tempo.

Conforme o Globo Esporte, Rodrigo foi levado ao Hospital São Sebastião Mártir, em Venâncio Aires, no Rio Grande do Sul.

Willian foi detido no estádio. Ao portal Uol, a Polícia Civil de Venâncio Aires informou que o atleta será autuado em flagrante por tentativa de homicídio. 

O presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsman, informou que o juiz de futebol passa bem. 

“Falei com o árbitro Rodrigo Crivellaro, covardemente agredido por um jogador do São Paulo, na partida contra o Guarani. Ele está sendo medicado no Hospital e, felizmente, se recuperando. A FGF está prestando todo o atendimento necessário e caberá ao TJD [Tribunal de Justiça Desportiva] avaliar o episódio”, publicou nas redes sociais. 

O jogo, que disputava a divisão de acesso do Campeonato Gaúcho, será retomado nesta terça-feira (5), segundo a FGF.  

CLUBE ANULA CONTRATO COM O JOGADOR

O Sport Club de São Paulo lamentou o ocorrido e informou ter rescindido o contrato com o jogador  Willian Ribeiro. Além disso, diz nota, tomará todas as medidas legais. 

Sem titulo 65

O Guarani de Venâncio Aires disse “lamentar profundamente o fato ocorrido. “O Guarani de Venâncio Aires despreza quaisquer atos de violência seja dentro ou fora dos gramados. Agora todos torcemos para que a recuperação de Crivelaro seja a mais rápida possível. O clube prestará todo o apoio possível para o árbitro e a família”, afirmou em nota. 

A Federação Gaúcha de Futebol (FGF) também repudiou as agressões. Segundo a entidade, o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RS) irá investigar o caso. 

Sem titulo 66

VEJA AS IMAGENS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.