Após vitória da Argentina, Rony exalta grupo do Palmeiras e alerta para jogo difícil na volta

inbound9029918833927452639

Após a volta de muitos jogadores que estavam em recesso, o Palmeiras entrou em campo pela primeira vez utilizando os atletas titulares na temporada 2021 e estreou com vitória, por 2 a 1, no primeiro embate da Recopa Sul-Americana. Após o confronto, o atacante Rony, autor do primeiro gol palestrino, concedeu uma entrevista coletiva e comemorou o bom início de temporada do time.

LEIA TAMBÉM: TRF estabelece retorno de lockdown no DF e eventos esportivos voltam a ficar proibidos

– Estamos dando continuidade no trabalho, todos focados nas tarefas. Acredito que vai ser um ano maravilhoso para a gente. Como o professor fala, temos que proteger nosso sonho, nosso objetivo. Todos de parabéns por este início. Foi um jogo difícil, mas conseguimos nosso objetivo, que era o resultado. Acredito que a volta também será difícil, então temos que focar nas tarefas para conseguir nosso objetivo.

Na sequência, o ponta revelou que a falta de ritmo dificultou o jogo para o Verdão, mas exaltou a exibição dos jogadores que, mesmo assim, conseguiram segurar o Defensa y Justicia.

– Para alguns, foi o primeiro jogo de 2021 e, no começo, a gente acaba sentindo, até porque a equipe adversária já vem jogando, mas conseguimos suportar bem a pressão da equipe adversária e Deus abençoou a gente com essa grande vitória.

Por fim, o atual camisa 7 comentou sobre a sua utilização na posição de centroavante, na ausência de Luiz Adriano, afirmando que, para ajudar o grupo, jogaria em qualquer lugar,

– Em algumas vezes, em 2020, acabei fazendo essa função e eu estou aqui pra ajudar a equipe da melhor maneira possível. Acredito que, independentemente da função, temos que fazer nosso melhor. Não fui só eu, outros fizeram outras funções, e fizeram bem. Se ele me colocar de lateral, eu procuro dar o meu melhor, independentemente da posição.

Após derrotar o Defensa y Justicia, com gols de Rony e Gustavo Scarpa, o Palmeiras viaja a Brasília para disputar a Supercopa do Brasil, no próximo domingo (11), às 11h (horário de Brasília), contra o Flamengo. O confronto decisivo pela final continental ocorrerá na próxima quarta-feira (14), às 21h30, também na capital brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.