Após término de namoro, homem se esconde embaixo da cama da ex por semanas: ‘Ouvi uma respiração muito alta’

Screenshot 20220328 141647

Um término de relacionamento teve reviravoltas curiosas nos Estados Unidos, quando Libby Cleaves ainda era uma universitária. A jovem usou as redes sociais para relembrar a época em que um ex-namorado se escondeu embaixo da cama dela por semanas e até mesmo usou sua escova de dentes. Depois do susto, ela providenciou uma ordem de restrição contra ele.

Em vídeo compartilhado no aplicativo TikTok, Libby Cleaves explica que se relacionava com o jovem há um ano e meio, mas as coisas não andavam bem. Ela decidiu terminar o namoro porque o parceiro “respondia mal” a certas questões e não tinha a inteligência emocional bem desenvolvida para estar em um relacionamento.

Libby já havia mencionado o desejo de terminar com o garoto. Uma revelação, no entanto, foi a gota d’água. A mãe do jovem descobriu as intenções da nora e decidiu telefonar para ela, questionando se o filho estava “tomando os remédios dele”. Já que o tópico nunca foi uma pauta durante o namoro, Libby confrontou o então parceiro e descobriu que ele era bipolar. A mentira foi tão impactante que ela realmente pôs um fim no namoro, decisão que foi acatada “de bom grado’.

A revelação

Nas semanas que sucederam o término, Libby começou a se sentir mal e não conseguia dormir adequadamente. De início, atribuiu a sensação ruim ao fim do namoro, mas sabia que a estranheza ia além de um simples luto. “Eu me sentia estranha. E, então, pensei: ‘ah, foi o meu primeiro namorado de verdade’. Mas eu não conseguia dormir bem, sentia que havia coisas estranhas acontecendo no meu quarto”, relatou.

Depois de um tempo pensando que o incômodo era uma invenção de sua cabeça, a jovem encontrou o ex embaixo da cama. “Uma noite, eu estava dormindo e ouvi uma respiração muito alta. Eu não estou brincando. Comecei a olhar pelo meu quarto, que é bem pequeno, olhei no guarda-roupa, em volta da minha cama”.

Quando descobriu o esconderijo, a universitária pensou que “surtaria”. Mas, na realidade, ficou calma e simplesmente pediu que o homem saísse dali. Ele acabou revelando que fazia aquilo por semanas e contou que estava usando a escova de dentes dela. Não contente, borrifava a colônia que usava pelo quarto da ex para que o ambiente ficasse com o cheiro dele.

‘Drama da Netflix’

Libby destaca que o relato não tem a intenção de humilhar pessoas bipolares, mas sim de alertar. De acordo com ela, devemos “deixar as pessoas provarem quem são”, porque elas farão isso. “Isso aconteceu na faculdade, anos atrás, e já adotei uma ordem de restrição contra ele. Estou bem agora, pessoal!”, disse a morena.

A publicação da estadunidense já atingiu mais de 5 mil curtidas na plataforma. Alguns internautas reagiram com medo à história contada, enquanto outros mencionaram que ela poderia ter sido atacada. “É muito corajoso que você tenha procurado pelo quarto à noite, porque eu teria saído correndo”, disse uma pessoa. “Isso deveria se tornar um drama da Netflix”, escreveu outro usuário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.