Após renovação de contrato, Palmeiras recusa proposta dos Estados Unidos por atacante Rony

inbound3701664087403007166

Há pouco mais de vinte dias, o Palmeiras recusou uma oferta de U$ 15 milhões (pouco mais de R$ 75 milhões, na cotação daquele momento) pelo atacante Rony, feita pelo Atlanta United FC, dos Estados Unidos. A intenção do clube norte-americano era contar com o camisa 7 por cinco temporadas, colaborando com o projeto de vencer a MLS. O Verdão, no entanto, preferiu manter o grande nome do clube na conquista da Libertadores.

A renovação com Rony, já assinada com o Verdão, aconteceu próxima à época da oferta, mas não guarda relação exata, afinal, já era plano do clube valorizar o atleta e se precaver com o natural assédio do exterior. Com 36% de melhoria em seus vencimentos, o atacante aumentou, também, o tempo de vínculo em um ano – agora até 2025, como havia noticiado o NOSSO PALESTRA.

Rony chegou ao Palmeiras em 2020, após se destacar pelo Athletico-PR. O Alviverde pagou seis milhões de euros (na época, cerca de R$ 28 milhões) por 50% dos direitos do jogador em longa novela. Depois de um início ruim, o atleta se firmou e passou a ter boas atuações, sendo fundamental na conquista do bicampeonato continental. O camisa 7 soma 71 jogos e 19 gols pelo Palmeiras, sendo 16 partidas e 11 bolas na rede somente pela Libertadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.