dentro

Após masturbação, jovem passa mal e vai parar na UTI de hospital; entenda

Um jovem de 20 anos foi parar na UTI de um hospital após desenvolver uma condição rara nos pulmões. O homem alegava dores no peito, dificuldade para respirar e estava com o rosto inchado. O curioso foi o motivo que o levou à internação: a masturbação. O caso ocorreu na Suíça.

Ao ser questionado pela equipe médica sobre o que teria feito antes de desenvolver os sintomas, o jovem contou que havia se masturbado. A informação causou espanto nos médicos. O caso inédito foi relatado na edição de maio da revista “Radiology Case Reports”.

“Apresentamos o caso de um jovem saudável que desenvolveu pneumomediastino e enfisema subcutâneo profundo com início durante a masturbação. Como não há literatura sobre pneumomediastino espontâneo associado a experiências autoeróticas, consideramos nosso caso uma apresentação incomum dessa entidade”, afirmam os autores no relatório.

Histórico médico

O jovem tem 1,75 metro e pesa 60 kg. Ele foi encaminhado à emergência com dispneia intensa e dor torácica. Conforme relato dos médicos, ele teria dito que sentiu um “início súbito de dor torácica aguda seguida de falta de ar enquanto estava deitado na cama se masturbando”.

Ele ainda negou o uso de drogas, cigarro, tosse ou exercício intenso que pudesse ocasionado o problema. A ficha médica do jovem conta com situações de asma leve sem o uso de medicamentos e TDAH (transtorno de déficit de atenção com hiperatividade) tratado com Lisdexanfetamina.

A radiografia feita no tórax do jovem mostrou um enfisema subcutâneo e a tomografia computadorizada apresentou um pneumomediastino profundo, quando o ar fica preso entre os tecidos do corpo.

Internação

O jovem foi medicado com antibiótico profilático intravenoso por três dias e permaneceu internado na UTI. Após o período em observação, foi transferido para a enfermaria. No quarto dia ele não apresentou complicações e recebeu alta após eliminar o enfisema.

A situação rara surpreendeu os médicos porque ainda que haja casos documentos após o sᕮxo ou uso de drogas como ecstasy, o caso do jovem foi o primeiro registro de um pneumomediastino espontâneo associado à masturbação.

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.