Após fala enérgica contra STF, deputado diz que fez um alerta

images 2021 04 21T221842.223

Após fazer duras críticas aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e citar uma possível “guerra civil” no Brasil, o deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) negou que tenha proferido ameaças contra a Corte.

Segundo Otoni, ele fez “alertas” sobre a escalada da insatisfação da sociedade com os ministros e com o Congresso Nacional, e sobre um suposto “golpe” em curso contra o presidente Jair Bolsonaro.

– Nenhuma ameaça. O que há são alertas de quem não quer ver uma guerra civil no país – disse o deputado ao site O Antagonista.

No vídeo que gerou polêmica, Otoni de Paula se refere aos ministros do STF e aos presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, Arthur Lira e Rodrigo Pacheco, respectivamente, como “vagabundos” e “filhos de satanás”.

– Quem disse que Bolsonaro precisa de Forças Armadas? Enquanto tiver pá, enxada e foice, ninguém tira o presidente da Presidência da República. Vai ter golpe e não vai ter contragolpe? Vocês acham que vai ter golpe e todo mundo vai ficar quietinho, porque nós temos medo da pandemia? Os vírus são vocês, seus vagabundos, seus filhos de satanás. O vírus deste país é o STF, são os bandidos e alguns que estão no Congresso Nacional. Esses são os vírus deste país – disse Otoni no vídeo publicado pelo próprio parlamentar em seu Facebook, no dia 9 deste mês.

Em outro trecho do material, Otoni afirma que Bolsonaro tem apoio popular e o compara aos ex-presidentes Fernando Collor e Dilma Rousseff, ambos alvos de impeachment.

– Não estou ameaçando. Quem sou eu para ameaçar? Eu só estou avisando para que, quando acontecer, vocês não digam que eu não avisei. Bolsonaro não é Dilma. Bolsonaro não é Collor. O povo está com o Bolsonaro – afirmou.

Em seguida Otoni alertou sobre os riscos de um possível golpe contra Bolsonaro.

– Se vocês tentarem… Tenta! Tenta! Senhor Rodrigo Pacheco, ‘seu’ Barroso, ‘seu’ Gilmar Mendes, ‘seu’ Toffoli, ‘seu’ Fux, senhora Cármen Lúcia, senhor Fachin, senhoras e senhores do Supremo: não vai ter pandemia que vai segurar esse povo, não vai ter STF que vai segurar esse povo. Vai ter derramamento de sangue no Brasil se vocês fizerem o golpe contra o presidente – previu.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.