Após encontrar R$ 4 mil no bolso de Lázaro, polícia investiga rede de apoio que o ajudou na fuga

aneel 5 8

Imagem mostram momento em que Lázaro é encontrado pela polícia

A Polícia Civil de Goiás vai investigar a rede de apoio que colaborou com a fuga de Lázaro Barbosa, de 32 anos, que morreu nesta segunda-feira (28) em confronto com a polícia, após ficar foragido por 20 dias. Segundo a polícia, cerca de R$ 4,4 mil foram encontrados no bolso do criminoso, além de uma arma. 

De acordo com o secretário de segurança do estado, Rodney Miranda, Lázaro agia com a colaboração de mais pessoas. “O dinheiro no bolso é um indicativo de que ele queria fugir ou do estado ou do país”, disse Miranda. “As investigações não acabam aqui.

 Ainda temos algumas pessoas para investigar e prender. Ele estava trocando de roupa, isso é mais uma prova de que ele estava sendo acobertado e mostra que tinha gente interessada na não prisão dele.”

O secretário afirmou também que existem pessoas dificultando o trabalho dos policiais. “Hoje, restabelecemos a paz e a tranquilidade nessa comunidade de bem. Depois que prendemos uma parte das pessoas que estavam acobertando ele, que ele saiu da zona de conforto, nós apertamos o cerco.”

Algo errado com esse post?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.