Após 30 anos, mulher reencontra a irmã para entregar herança deixada pelo pai

Sem titulo 14

Ainda na adolescência, Eva decidiu deixar o Maranhão com destino a São Paulo, enquanto Elisângela se mudou para o Pará. As irmãs mantinham contato por cartas, até que em 2003 Eva recebeu o último contato de Elisângela, informando que estava doente. 

Dez anos depois, o pai delas morreu, deixando uma herança para as filhas. Eva guardou a parte da herança de Elisângela na esperança de encontrar novamente a irmã e pediu a ajuda do programa para localizá-la. Acompanhe o emocionante reencontro no vídeo abaixo! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.