Antes de morrer, Tom Veiga relatou agressões que sofreu da ex-mulher

A ex-mulher de Tom VeigaAlessandra, há pouco mais de seis meses, recebeu uma mensagem mais do que surpreendente do ator, em que ele acabou comentando uma triste situação que havia sofrido.

Tom Veiga contou que sofreu uma agressão de sua então mulher, Cibelly. Alessandra revelou que fez uma promessa com o ator em não expor as mensagens, no entanto, com a recente repercussão do caso, ela resolveu colocar no ar.

Em entrevista ao jornal carioca Extra, ela comentou: “No dia 4 de outubro, depois de a gente se falar por vários motivos e assuntos, o Tom me abordou meio diferente e falou que nunca tinha me falado o motivo da separação dele dessa moça”, disse ela, que ficou chocada com o que leu: “Aí, ele me mandou as fotos da agressão e a partir dali os áudios. Disse que tinha muita vergonha, que estava se sentindo um lixo, se sentindo mal, à base de calmantes, com muita vergonha. Ele me contou, está nos áudios, que foi agredido depois de uma briga boba”.

Em seguida, ela contou o teor das mensagens recebidas, em que o ex-marido narrou as agressões e contou que Cibelly esperava um revide para expô-lo: “Apanhei mesmo, tenho até vergonha de contar. Fui brutalmente agredido”.

Alessandra, por fim, defendeu o ex-marido Tom Veiga“Tom não tinha uma índole agressiva, ele nunca esperava por isso (suspira). Eu tive que ver tudo aquilo, ouvir tudo, tendo que ser parcial, porque eu não queria ficar dando minha opinião, não queria que ele se sentisse pior do que já estava. Ele disse que estava à base de calmantes e que com muita vergonha. Eu fiquei chocada. De conhecer o Tom, do jeito que eu conhecia, e saber que ele estava passando por uma dessas”

Algo errado com esse post?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.