Antes de matar filho, mãe obrigava menino a escrever frases autodepreciativas

IMG 20210805 111509

Yasmin Rodrigues, de 26 anos, presa na última quinta-feira, 29, por matar o filho, Miguel dos Santos Rodrigues, de 7 anos, e jogar o corpo da criança em um rio de Imbé (RS), torturava física e psicologicamente o menino, que era obrigado a escrever frases autodepreciativas em um caderno.

Na noite de terça-feira, 3, a Polícia Civil apreendeu o caderno em um dos apartamentos onde Miguel morou com a mãe. “Eu sou um idiota”, “Eu não mereço a mamãe que eu tenho” e “Eu sou um filho horrível”, entre outras frases, foram escritas pelo garoto.

IMG 20210805 111324

Na residência, também foi encontrada uma corrente usada para prender Miguel.

Segundo o relato à polícia, ela dopou a criança usando medicamentos e, mesmo sem saber se já estava morta, colocou o corpo inconsciente dentro de uma mala e a jogou no rio.

A mãe procurou a polícia na última semana para relatar o desaparecimento da criança, mas entrou em contradição e confessou o crime.

A prisão de Yasmin foi convertida em preventiva e ela foi levada para o Presídio de Torres.

Diariamente, crianças e adolescentes são expostos à violência sᕮxual. Até abril de 2019, o Disque 100 recebeu mais de 4 mil denúncias de abuso infantil em todo o Brasil. Há algumas formas de denunciar casos de violência sᕮxual a menores de idade:

Disque 100

Como nos casos de racismo, homofobia e outras violações de direitos humanos, qualquer cidadão pode fazer uma denúncia anônima sobre casos abuso infantil pelo Disque 100. A denúncia será analisada e encaminhada aos órgãos de proteção, defesa e responsabilização em direitos humanos, respeitando as competências de cada órgão.

Aplicativo Proteja Brasil

Depois de instalar o aplicativo gratuito em seu celular, o usuário rapidinho, respondendo um formulário simples, registra a denúncia, a qual será recebida pela mesma central de atendimento do Disque 100. Se quiser acompanhar a denúncia, basta ligar para o Disque 100 e fornecer dados da denúncia.

Ouvidoria Online

O usuário preenche o formulário disponível aqui e registra a denúncia, a qual também será recebida pela mesma central de atendimento do Disque 100. Se quiser acompanhar a denúncia, basta ligar para o Disque 100 e fornecer dados da denúncia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.