dentro

Âncora do SBT desobedece chefia e detona soltura de mãe de Henry

A soltura de Monique Medeiros, que estava presa preventivamente pela morte do filho, Henry, de 4 anos, revoltou a apresentadora Isabele Benito, do SBT Rio. Enquanto entrevistava o advogado da ré, Thiago Minagé, ela desabafou contra a decisão judicial e retirou o ponto eletrônico do ouvido para não ser interrompida pela chefia. Quando começou a falar sobre o caso, a direção mandou Isabele Benito chamar Leniel Borel, pai do menino Henry, mas ela desobedeceu as ordens superiores para detonar Monique Medeiros.

“Eu falo com o Leniel daqui a pouco, deixa eu terminar o que eu tenho que te falar, vou até tirar o meu ponto”, disse Benito, que começou seu discurso contra a mãe do garoto. “Para toda a sociedade, esse crime embrulhou o estômago, mas para toda a mãe que me assiste dói nas entranhas, porque a gente olha para ela e desde o começo tenta achar um argumento.

 A gente como mãe não quer aceitar que uma mãe foi omissa na tortura para viver com um homem, com imagens dele mancando, naquela imagem dentro dele no elevador com aquela criança que todo mundo viu que estava diferente e não acreditavam, e ela morreu!”, declarou a apresentadora.

A direção tentou interrompê-la mais uma vez, entretanto Isabele seguiu firme em seu desabafo: “Eu não vou botar meu ponto no ouvido porque eu quero falar até o fim o que eu quero falar aqui!”. A jornalista finalizou afirmando que não considera Monique mãe de Henry: “Eu não consigo ficar feliz ou achar que é justo ela sair pela porta da frente, isso é desesperador! E digo mais para encerrar: nunca mais da minha boca alguém vai me ouvir falar que Monique Medeiros é mãe de Henry Borel. Para mim, Monique Medeiros é Monique Medeiros”. Assista ao desabafo de Isabele Benito na íntegra

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.