Agora, o STF também vai devolver dinheiro para corruptos

csm gilmarmendes 125db908fc

Mais uma consequência da ABSURDA anulação da condenação do Lula pelo STF

A anulação da condenação do Lula pelo STF também criou outra horrível implicação jurídica, além da abertura de jurisprudência para uso de provas obtidas ilegalmente. 

As delações da família Odebrecht para a Justiça, que estiveram envolvidas na condenação do Lula na Lava Jato, agora podem também ser anuladas. E como diz a Folha de São Paulo, eles podem até recuperar parte do patrimônio que foi confiscado pela Justiça.

Emílio Odebrecht foi condenado no caso do Sítio de Atibaia, que foi anulado pelo STF. Na época, a Lava Jato o acusou e condenou de lavar dinheiro com as reformas feitas no sítio. Mas agora, “com a ficha limpa, Emílio [Odebrecht] poderá se livrar da obrigação de devolver recursos que recebeu da Odebrecht em contas secretas na Suíça, um dos compromissos que os colaboradores assumiram quando a empresa concluiu as negociações do acordo de leniência firmado com a Lava Jato em 2016”, diz a Folha.

“Na época, o empresário declarou ter recebido nos dez anos anteriores R$ 148 milhões em pagamentos do Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht, o departamento criado pelo grupo para administrar recursos de caixa dois destinados a propinas e contribuições políticas clandestinas”. Ou seja: milhões podem voltar pro bolso de quem só arruinou o nosso país. Parabéns, juízes do Supremo, por fazerem o trabalho que os políticos corruptos esperavam de vocês.

Algo errado com esse post?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.