Advogada do TJD revela chances da partida ser anulada

inbound6873664171296695050

O Atlético-MG agitou os noticiários na última sexta-feira (1º) ao protocolar junto à Conmebol um pedido para a anulação do gol anotado pelo Palmeiras no duelo decisivo válido pelas semis da Libertadores. Alegando erro de direito, o Galo entregou um documento à entidade apontando irregularidades no tento palestrino, que contou com a invasão de campo do atacante Deyverson.

Entrevistada pelo “SportsCenter Brasil”, da ESPN, na última sexta, a advogada Fernanda Soares,  procuradora do Tribunal de Justiça Desportiva do futebol (TJD/MG), detalhou o caso e revelou as chances do alvinegro mineiro obter êxito na petição contra o Verdão.

As chances são realmente muito baixas. Tanto que a anulação de partida não é algo que a gente vê com frequência. E é bom que seja assim, quanto menos o tribunal interferir no que é definido em jogo é melhor. Agora, o Atlético-MG está buscando no tribunal o que ele entende ser o seu direito”, iniciou a procuradora do TJD-MG

“Há fundamento jurídico pra esse pedido, eu concordo comjurídico do Atlético quando eles dizem que houve erro de direito. Esse fundamento precisa ser julgado num contexto e balanceado no princípio do ‘pro-competição’. Esse erro de direito precisa grave o suficiente para ensejar uma anulação de partida. Anular uma partida é algo muito grave, prejudica demais um campeonato. Na minha opinião, as chances não são muitos baixas”, concluiu Fernanda Soares.

 

DETALHES

 

De acordo com informações da Rádio Itatiaia, o Galo anexou no documento a súmula do embate contra o Palmeiras, onde o árbitro Wilmar Roldán admite ter advertido Deyverson com o cartão amarelo em função da invasão. Na petição, o alvinegro pede que o tento do Verdão seja invalidado ou que haja um novo duelo.

 

O Atlético-MG vencia por 1 a 0, quando aos 22 minutos do segundo tempo, Gabriel Veron executou boa jogada na esquerda, ganhou do zagueiro Nathan, e cruzou rasteiro na medida para Dudu deixar tudo igual e garantir a classificação do Palmeiras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.