Abel revela como teve certeza que o Palmeiras eliminaria o Atlético MG

inbound466827787450451699

Virtual campeão do Brasileirão, o Atlético-MG era apontado como favorito para ficar com vaga na final, não apenas pelo time estrelado com nomes como Hulk, Diego Gosta e Nacho Fernández, mas também por disputar o segundo jogo em casa e com torcida. Mas Abel Ferreira lembrou de um momento que foi crucial para a classificação Alviverde.

 

— A verdade é que há sinais. Quando o Hulk perde o pênalti [no primeiro jogo, no Allianz Parque], fiz questão de dizer isso aos meus jogadores ‘isso é um sinal, vai dar para nós’. E quando você começa a acreditar… No segundo jogo, sabendo que teriam torcedores, eu sabia que o lado emocional funcionaria – disse Abel

Sobre a final contra o Flamengo, Abel destacou a presença do público, lembrando que na decisão contra o Santos, no fim de janeiro, apenas convidados puderam marcar presença no Maracanã.

 

— Sabemos que é um jogo de emoções, um jogo decisivo. É um titulo que está em disputa, mas acredito que, com sabedoria, é possível fazer um bom jogo, desfrutar e ganhar. Ao contrário da última, que tinha pouco público, proporcionar um bom espetáculo, porque essa também é nossa responsabilidade. Jogar bem, estar focado no que temos que fazer. Em uma final, nosso maior adversário somos nós próprios. É a capacidade que cada um tem de dar o melhor de si ao serviço da equipe. Estar em paz com a cabeça e com o corpo para que, no momento de grande pressão, conseguir fazer o que sabe de melhor, que é jogar futebol no mais alto nível – afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.