8 placas de trânsito que quase ninguém conhece o significado

6 69

As placas de trânsito servem como sinalização de regulamentação, advertência e indicação. Elas estão nas provas de legislação, no manual de formação de condutores e, consequentemente, nas ruas.

Dentre as mais de 100 placas de advertência e regulamentação existentes, algumas delas são praticamente desconhecidas, já que raramente as encontramos no território brasileiro.

Aliás, para os condutores mais esquecidos, vale lembrar que as placas com a cor vermelha transmitem uma mensagem imperativa, e o desrespeito a elas é considerado infração. As em formato circular, com uma faixa vermelha cruzando em diagonal, referem- se à proibição. As demais demandam restrição e obrigação.

Placas de trânsito amarelas possuem caráter de recomendação. São aquelas conhecidas pela sinalização vertical de advertência, assim seu objetivo é indicar os utilizadores da via sobre a possibilidade de uma situação de risco.

Significado das placas de trânsito pouco comuns

Veja a seguir as 8 placas de trânsito que quase ninguém conhece o significado:

1. Junções sucessivas contrárias à direita A-11b

6 59

Adverte o condutor do veículo da existência de cruzamentos próximos entre si.

2. Vento lateral A-44

6 60

A placa de trânsito adverte o condutor sobre a existência de condição insegura à frente, trecho de via na qual costuma ocorrer vento lateral forte, que pode comprometer a estabilidade do veículo. Assim o indicado é diminuir a velocidade e abaixar os vidros.

3. Projeção de Cascalho A-29

6 61

Adverte sobre trecho no qual pode haver projeção de cascalho. Desta forma, o ideal é aumentar a distância de seguimento, mantendo-a maior entre o seu veículo e o da frente. 

4. Ponte móvel A-23

6 62

Alerta o condutor da existência, adiante, de uma ponte móvel que interrompe a via.

 

5. Trânsito compartilhado por ciclistas e pedestres A-30C

6 63

Indica que à frente existe a circulação compartilhada de ciclistas e pedestres.

6. Alfândega R-21

6 64

A placa atenta o condutor do veículo para a presença de uma repartição alfandegária, onde a parada é obrigatória.

  

7. Uso obrigatório de corrente R-22

6 65

Utilizada em vias sem pavimentação com dificuldades de passagem ou regiões com ocorrência de neve, onde é obrigatório o uso de correntes atreladas às rodas do veículo.

8. Trânsito proibido a carros de mão R-40

6 66

Informa ao condutor sobre a proibição de trânsito de carro de mão a partir do trecho sinalizado.

Placas de trânsito: a diferença entre as placas PARE

Alguns motoristas podem não se lembrar, mas as placas de trânsito “pare” vermelhas e amarelas não possuem o mesmo significado.

6 67

A placa vermelha indica regulamentação e obriga o condutor a parar antes de entrar na via, sendo esta a única placa de trânsito em formato octogonal.

6 68

Já a amarela significa parada obrigatória à frente, alertando o condutor que há adiante a existência de uma parada obrigatória.

Para saber mais sobre essas e todas as outras placas existentes, acesse o Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.