5 chás que são anti-inflamatórios naturais poderosos

Sem titulo 539

Você sabia que existem chás que possuem até mesmo ação anti-inflamatória? Saiba agora quais são esses chás e aprenda a fazê-los.

Vários tipos de doenças estão ligadas a processos inflamatórios.

Enfermidades como diabetes tipo dois, algumas doenças neurodegenerativas como mal de Alzheimer e até mesmo a obesidade, podem partir de inflamações no corpo.

As inflamações, por sua vez, podem ocorrer por causa da presença de diversos tipos de substâncias que irritam os tecidos corporais.

Todo esse processo causa edemas, inchaços, dor e muitos outros desconfortos.

Porém, para combater as inflamações, temos na natureza, mais uma vez, uma porta de escape.

Nesse artigo nós apresentamos cinco tipos de chás famosos e que possuem uma super ação anti-inflamatória.

Com isso, tornam-se remédios naturais contra essas reações perigosas que acontecem em nosso corpo.

Confira quais são!

5 chás anti-inflamatórios que você precisa experimentar

Abaixo listamos os chás, suas propriedades anti-inflamatórias e, por fim, as receitas das poderosas infusões.

Chá de erva-doce

Para iniciarmos a nossa lista, nada melhor do que um chá super conhecido.

A erva-doce é uma planta muito rica em vários tipos de compostos anti-inflamatórios, como por exemplo a quercetina.

As propriedades do chá de erva doce são tão fortes que a infusão é usada até mesmo no combate às cólicas menstruais e a doenças inflamatórias graves como a colite ulcerativa.

Confira abaixo a receita do chá de erva-doce.

Ingredientes:

  • 1 xícara de água fervente
  • 3g (1 colher de chá) de erva-doce

Modo de preparo:

Depois de já ter fervido a água, adicione a erva-doce.

Tampe ou cubra o recipiente contendo a mistura e deixe apurar por cinco minutos.

Esse período é necessário para que a infusão aconteça e as propriedades da planta passem para a água que será ingerida.

Logo após a passagem desse tempo, destampe o lugar onde o chá está, coe tudo muito bem e sirva.

Chá verde

O chá verde, uma infusão de origem oriental que é muito conhecida no mundo, possui propriedades reconhecidas há séculos.

Porém, por incrível que pareça, poucas pessoas sabem que essa bebida milenar possui compostos anti-inflamatórios em sua fórmula.

Uma dessas substâncias é o epigalocatequina-galato (EGCG), que é um composto anti-inflamatório poderoso até mesmo contra a temida doença de Crohn.

Abaixo, aprenda a fazer o chá verde da forma correta.

Ingredientes:

  • 180g de folhas de chá verde
  • 500ml de água potável
  • 1 limão para ser espremido (opcional)
  • canela à gosto (opcional)

Modo de preparo:

Em um recipiente à parte, coloque a água para ferver.

Quando a água já estiver quente, adicione as folhas do chá verde.

Tampe a panela contendo a mistura e deixe abafada por cerca de 10 minutos.

Depois disso, destampe o recipiente, coe a mistura e sirva.

Se desejar, adicione o limão e a canela à mistura.

O chá verde pode ser consumido gelado ou frio.

Chá de açafrão (cúrcuma)

O açafrão, também conhecido como cúrcuma, é uma planta que tem ganhado fama por ter diversos tipos de compostos que oferecem muitas propriedades ao corpo humano.

Porém, algumas pessoas não imaginam que é possível fazer chá de açafrão e extrair dele propriedades anti-inflamatórias que podem ser a bala de prata para inflamações persistentes.

Confira abaixo um modo de fazer o chá de açafrão, e dê adeus às suas piores inflamações.

Ingredientes:

  • 250ml de água
  • 20g de cúrcuma em pó (pó de açafrão)

Modo de preparo:

Coloque a água para ferver.

Em seguida, adicione o pó de cúrcuma à água, mas faça isso antes que ela ferva.

Espere a mistura ferver e então desligue o fogo.

Por fim, deixe tudo descansar por dez minutos e consuma em seguida.

Atenção: o chá de cúrcuma não é recomendado para indivíduos portadores de pedra na vesícula.

Chá de gengibre

O gengibre é mais uma planta de origem oriental que está presente em nossa lista, e também outra grande conhecida dos amantes da fitoterapia.

Essa planta maravilhosa possui diversos tipos de compostos naturais que têm poderes analgésicos, anestésicos, antioxidantes e anti-histamínicos.

Porém, o gengibre também é um poderoso anti-inflamatório natural e o seu chá pode ser usado para combater diversos tipos de reações inflamatórias.

Veja como fazer o chá de gengibre e comece a tomá-lo ainda hoje.

Ingredientes:

  • 1 colher (sopa) de raspas de gengibre
  • De 500ml a 1 litro de água
  • Mel a gosto (opcional)

Modo de preparo:

Descasque e rale o gengibre.

Em seguida, em um recipiente à parte, coloque a água para ferver.

Assim que a água ferver, adicione o gengibre ralado.

Deixe fervendo por cerca de três minutos.

Logo após, desligue o fogo e tampe a infusão por dez minutos.

Passado esse período, adoce com mel, se preferir, e pronto, o chá já está apto ao consumo.

O chá de gengibre pode ser consumido quente ou frio.

Chá de rosa mosqueta

Essa pequena planta é conhecida por produzir um óleo com muitos benefícios para a pele.

Porém, nos últimos anos cresceu o número de pessoas que experimentaram o chá da rosa mosqueta e “se deram bem” com ele.

Os compostos antioxidantes da planta já são conhecidos, mas ela se provou também como uma poderosa fonte de anti-inflamatórios naturais.

Por fim, a rosa mosqueta possui “poderes” que podem combater até mesmo alguns tipos de câncer e osteoporose.

Apesar de ainda não ser muito fácil de achar, é possível encontrar a rosa mosqueta para chá em lojas de produtos naturais e farmácias.

Veja abaixo como você pode fazer o chá de rosa mosqueta.

Ingredientes:

  • 2 colheres (chá) de rosa mosqueta
  • 500ml de água

Modo de preparo:

Em um recipiente à parte, coloque a água para ferver.

Assim que a água estiver fervida, adicione a rosa mosqueta.

Tampe o recipiente e deixe a mistura apurar por 10 minutos.

Em seguida, retire a cobertura, coe o chá e sirva.

Importante

Para que façam efeito, todas as receitas de chás anti-inflamatórios devem ser feitas da forma como estão descritas.

Um detalhe primordial que deve ser observado é que as plantas não devem ser fervidas junto com a água, apenas adicionadas depois que a água já estiver fervida, como pontuamos nos modos de preparo.

Contudo, esse artigo não possui peso de indicação médica, tendo caráter apenas informativo.

Contraindicações, quantidades a serem consumidas e afins, devem ser conferidas junto a profissionais médicos.

Por fim, desfrute dos chás anti-inflamatórios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.