5 animais incríveis que adotaram filhotes de outras espécies

17145516201307

Já parou para pensar o que seria do mundo sem os papais e mamães adotivos? Tanto na vida humana quanto no mundo animal, eles são os grandes responsáveis por fornecer todo o amor que um bebê precisa após ter-se tornado órfão por algum acaso da vida. Na natureza, existem até mesmo casos de animais que adotaram filhotes de outras espécies como se fossem seus filhos.

Afinal, mãe é quem cria, certo? Pensando nisso, nós elaboramos uma lista com cinco dessas criaturas que provaram ter um coração enorme ao acolherem esses filhotes abandonados de outras espécies. Olha só!

1. Albert, a ovelha

(Fonte: Caters News)

Com apenas seis meses de idade, a elefante Themba foi deixada para trás por sua manada e acabou se tornando uma órfã. Então, os funcionários do Centro de Reabilitação da Vida Selvagem em Shamwari, na África do Sul, decidiram que precisavam fazer algo para salvar sua vida.

Os cuidadores introduziram Themba a Albert, um carneiro que se mostrou um tanto agressivo no primeiro momento. Porém, bastou apenas um pouco de espaço para que o coração de Albert pegasse gosto pelo enorme filhote e ele se tornasse o mais novo amigo e mentor da elefante.

2. Mzee, a tartaruga

(Fonte: Reuters)

Não é em todo lugar que você verá uma tartaruga e um hipopótamo se tornando melhores amigos, mas foi isso que aconteceu em uma aldeia no Quênia. Após ter sido salvo de um tsunami e ter perdido sua família, o bebê hipopótamo de quase 300 kg chamado Owen foi colocado para viver em um aviário com uma tartaruga chamada Mzee.

Com 130 anos nas costas, o réptil não parecia amar seu novo vizinho, mas a proximidade fez que os dois desenvolvessem um enorme laço e ficassem muito amigos pelos próximos 2 anos. A relação entre essas duas criaturas ficou tão famosa que livros foram escritos sobre o tema e existe um website inteiro dedicado só a esse assunto.

3. Sai Mai, a tigresa

(Fonte: Reuters)

É de se imaginar que um grupo de porcos indefesos viraria refeição para um tigre. Entretanto, a tigresa Sai Mai nunca pensou dessa maneira. Como já havia sido criada por uma leitoa na sua infância, a felina não teve dúvidas sobre o que fazer quando recebeu um grupo de leitões em suas patas.

Após ter perdido os próprios bebês em um parto prematuro, Sai Mai reencontrou o amor em seus filhotes adotivos e sem problema nenhum relevou a diferença entre as espécies.

4. Kamunyak, a leoa

(Fonte: Reuters)

Ao contrário de Sai Mai, a história da leoa Kamunyak não começa muito bonita. Após ter matado uma mamãe oryx em uma de suas caçadas, a felina se sentiu culpada ao ver um grupo de seis filhotes abandonados. Então, decidiu que iria adotá-los.

Como não conseguia amamentá-los, Kamunyak acabou “pedindo” ajuda para os seres humanos, que forneciam alimento aos bebês sob sua tutela. Infelizmente, a leoa não conseguiu defender suas novas crias de serem atacadas por outros leões de sua alcateia.

5. Summer, a coelha

(Fonte: Melanie Humble)

Uma veterinária escocesa foi pega de surpresa ao levar seis gatinhos órfãos para casa e notar que sua coelha, Summer, havia feito amizade com eles. Depois de um tempo, a mulher passou a notar que os felinos estavam começando a achar que a criatura orelhuda poderia ser a mãe deles.

Então, eles passavam o dia inteiro montando nela na expectativa de serem alimentados. Sem poder amamentá-los, a única opção que a coelha tinha era oferecer um ombro amigo. E foi assim que o grupo desenvolveu um lindo laço afetivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.