Esposa de Cid Moreira rebate acusações e chama filho do jornalista de ‘lixo’

Ciente de tudo o que tem saído na mídia a respeito Cid Moreira, a esposa do jornalista rompeu o silêncio e rebateu as acusações de abuso sᕮxual. Roger, filho adotivo do comunicador, processou o pai e afirmou ter sido vítima de estupro por cerca de uma década. Indignada, Fátima Sampaio saiu em defesa do marido e esculachou o rapaz.

Por meio de um vídeo divulgado em suas redes sociais, a mulher de Cid Moreira não poupou palavras para expor toda a sua revolta. “Eu estou muito triste com essa última ‘cartada’ do sujeito que foi adotado pelo Cid. Ele falou uma coisa tremendamente horrível, vingativa, mentirosa… Ele sabe que isso não vai dar em questão judicial alguma, pois é um absurdo”, iniciou Fátima.

A esposa do comunicador falou sobre o carinho que sente pelo companheiro e fez uma ressalva: “O Cid é o amor da minha vida. Porém, aí vocês acreditarem ou não, podem criticar, podem falar a besteira que for, mas o Cid é o amor da minha vida. Mas, aqui no nosso núcleo, ninguém chega, ninguém entra, nós fortalecemos um ao outro, namoramos, brincamos, passeamos, trabalhamos, essa é a nossa vida”.

SOLTOU O VERBO

Em um outro trecho do vídeo, Fátima Sampaio detonou o filho de Cid Moreira e não pensou duas vezes antes de xingá-lo. “Tem muita gente doente, tem muita gente com transtorno psicológico que só faz estragar nossa vida. Além disso, quando a gente toma essa decisão, a gente cria inimigos horríveis, que vão nos perseguir do jeito que puderem… Mas nós não vamos deixar que esse lixo, porque isso não é uma pessoa, estrague a nossa vida de jeito nenhum”, disparou a mulher.

FALOU

Em nota enviada ao EM OFF, Cid Moreira lamentou as acusações e falou sobre os outros processos movidos pelo jovem. A assessoria de imprensa do jornalista rememorou outras polêmicas que Roger Moreira divulgou sobre o pai, como acusação de cárcere privado e até de servir alimentos estragados para ele. A nota também acusa o filho do comunicador de ter “objetivos financeiros”, com a acusação.