Willians revela motivo da perda do título Brasileiro 2009 – Comunidade F7
Connect with us

Esportes

Willians revela motivo da perda do título Brasileiro 2009

Published

on

“Nosso elenco nunca foi rachado. O Vágner Love era um cara sensacional. O que aconteceu é que tivemos as trocas de treinadores e no final o time começou a perder. Futebol às vezes as coisas acabam não dando certo”, disse o jogador do CRB-AL, ao ESPN.com.br.

Willians Santana tem uma tese para justificar o insucesso do Palmeiras.

“A gente não conseguiu ser campeão porque nosso elenco não tinha peças de reposições com as mesmas características. O Cleiton Xavier machucou e não tinha no banco um camisa 10 no mesmo estilo. Nossa equipe dependia muito dele e do Diego Souza. O campeonato é longo e é muito difícil manter a regularidade”, analisou.

De fato, Cleiton Xavier se machucou na 31ª rodada do campeonato, quando o time alviverde ainda era líder. Ele só voltou ao time na última rodada, com a taça já perdida. No período em que ficou fora, o time alviverde obteve somente 44% de aproveitamento.

O Palmeiras terminou aquele Brasileiro na quinta posição, com 62 pontos.

REVELADO NO VITÓRIA E INDICADO POR LUXA
Willians dos Santos Santana começou no futebol na escolinha Zebra, em Aracaju-SE, antes de chegar às categorias de base do Vitória, em 2005. Após um empréstimo ao Atlético de Alagoinhas, ele foi efetivado no time baiano na Série B do Brasileiro de 2007.

“Nosso time tinha Sorato e Edilson, o Capetinha. Estava muito feliz de estar no meio dos caras que só via pela TV. Foi um sonho realizado. Foi um ano muito bom porque conseguimos o acesso para Série A e fiz gols”, relatou.

Em 2008, Willians virou um dos maiores destaques da equipe rubro-negra ao lado do atacante Marquinhos.

“Fizemos o penúltimo jogo do Brasileiro de 2008 contra o Palmeiras [empate sem gols] e fui muito bem. O Marquinhos, que jogava comigo no Vitória, já tinha sido contratado. Nisso, o Luxemburgo pediu também a minha contratação”, relembrou.

Comprado pela Traffic, o jogador foi emprestado por uma temporada ao clube alviverde.

“Fui para casa de férias e quando recebi a notícia de que iria ao Palmeiras foi motivo de muita felicidade. Era um sonho de criança jogar em um grande clube”, admitiu.

Willians foi apresentado no começo de 2009 ao lado do lateral Armero, dos zagueiros Danilo e Maurício Ramos, além do meia Cleiton Xavier.

“A chegada foi das melhores porque conheci a estrutura e a grandeza do clube. Naquela época o Marcão, goleiro, me recebeu muito bem. Um dos caras que mais fiz amizade foi o Cleiton Xavier, um grande jogador e um cara que me ajudou bastante. Outra pessoa que fiz amizade foi o Diego Souza. Era um grupo muito bacana de trabalho”, relatou.

Titular no começo daquela temporada, ele marcou seu primeiro gol com a camisa do Palmeiras na derrota por 3 a 2 para a LDU-EQU, em partida válida pela fase de grupos da Libertadores.

“Foi marcante porque a Libertadores é como se fosse a Copa do Mundo para os clubes. Só via pela televisão e poder atuar e ainda fazer um gol não tem como esquecer”, recordou.

A equipe alviverde acabou eliminada no torneio continental pelo Nacional-URU nas quartas de final. Pouco depois, Luxemburgo foi demitido e Jorginho assumiu de forma interina antes da vinda de Muricy Ramalho.

Willians perdeu espaço e saiu do Palestra Itália no fim de 2009. No total, o jogador fez 35 jogos e marcou três gols.

“Meus primeiros cinco meses foram muito bons, mas depois tive uma lesão no púbis. Só fui melhorar em outubro. Tinham conversas que o Palmeiras ia me comprar, mas futebol é muito dinâmico. Acabou não acontecendo e a Traffic comprou o resto do meu passe e me levou ao Fluminense”, explicou.

No Fluminense, o jogador não teve tantas oportunidades, mas sagrou-se campeão do Brasileiro de 2010 na equipe comandada por Muricy Ramalho.

“Ficou marcado para sempre porque sabemos como é difícil vencer essa competição e poucos têm essa chance”, afirmou.

Em 2011, ele trocou o time das Laranjeiras pelo Sport. Depois, rodou por XV de Piracicaba-SP, América Mineiro, Matsumoto Yamaga-JAP, Atlético Goianiense, Avaí, CRB-AL, Al Khor e Cuiabá.

Fonte:

Msn ESPN

Comentários

0 comentários



Advertisement
Advertisement

Tendendo

Copyright © 2020 Comunidade F7