O Palmeiras contratou o lateral Matías Viña junto ao Nacional do Uruguai. E foi uma grata surpresa! Chegou bem e tomou a vaga de Diogo Barbosa, além de deixar Victor Luiz como terceiro reserva.
No começo de março, o Verdão pagou dois terços do prometido. O restante, programado para abril, foi prorrogado à pedido da diretoria palmeirense. Dirigentes uruguaios aceitaram a nova data.
Palmeiras: Mudança de rumo nos pagamentos
Ontem, Maurício Galiotte recebeu um e-mail do Nacional. No documento havia a solicitação do pagamento de forma antecipada. Galiotte programou reunião hoje com a diretoria financeira para discutir pontos do fluxo de caixa. A possibilidade de quitação é grande.
A falta de jogos e a consequente falta de público tem afetado severamente os clubes latino americanos. Sem receitas de bilheteria, a situação de muitas instituições é precária.
As principais entidades que controlam o futebol da América do Sul não sabem quando poderão retornar com a prática esportiva. Os avanços do novo coronavírus é grande e qualquer previsão torna-se um exercício de futurologia.
O elenco palmeirense segue treinando à distância com suporte dos fisiologistas e preparadores físicos.