Gabriel Verón quase foi vendido quase foi vendido no começo do ano, veja porque a negociação não ocorreu – Comunidade F7

 
O atacante Gabriel Veron foi Campeão do Mundo Sub-17 vestindo a camisa da seleção brasileira em 2019. Com a mudança de postura no mercado da bola e de olho na possível valorização, o Palmeiras subiu Veron e o introduziu entre os profissionais. Desde janeiro, clubes europeus buscam informações sobre ele.
Aos 17 anos, Veron tornou-se uma potência no Verdão. Valorizado, fez boas partidas, mas ainda tem muito o que mostrar. Tem o apoio irrestrito da diretoria alviverde, assim como tem o apoio do técnico Vanderlei Luxemburgo. As saídas de Deyverson e Miguel Borja também abriram uma janela maior para a participação do jovem no time titular.
Palmeiras conduziu venda de Gabriel Veron em fevereiro
Segundo o portal Fox Sports, a venda de Gabriel Veron esteve perto de acontecer. O Palmeiras aproximou diálogo com representantes do atleta e com dirigentes do clube envolvido, que não teve seu nome revelado. É provável que seja do futebol inglês.
A proposta chegou ao Brasil e foi bem parecida com a proposta que levou Gabriel Jesus para o Manchester City. A primeira reunião sobre o assunto aconteceu no Brasil e a segunda foi na Europa, envolvendo os representantes de Veron. Anderson Barros não participou do encontro.
O valor não agradou ao Palmeiras, que pediu uma contraproposta.
Por que a venda não deu certo?
Tudo estava caminhando bem quando a pandemia do novo coronavírus eclodiu pelo planeta. Praticamente todos os esportes de todos os países foram paralisados. Na Europa, que tornou-se o epicentro da doença, os problemas foram ainda mais graves. Depois os Estados Unidos passaram e assumiram o posto ruim na liderança de casos e óbitos em decorrência do vírus.
Sem futebol, sem entrada de recursos financeiros, principalmente com bilheteria. Os clubes europeus tiveram que romper negociações e puxar o “freio de mão”. Veron, então, seguiu no Brasil e deve ficar no Palmeiras pelo menos até o final do ano.
Luxemburgo, em entrevista recente, disse que não sabe de nenhuma proposta, mas abre a possibilidade de perdê-lo.
“Não tenho essa informação (sobre propostas por Verón). Com certeza o mercado está de olho no Gabriel. Saiu como um dos cinco jogadores jovens mais valorizados do mundo, está nessa relação de valorização de mercado mundial. Tem uma qualidade que o futebol precisa hoje: velocidade com mudança de direção. Consegue chegar em velocidade de até 35 kh/h, que é uma velocidade fantástica. Eu estou fazendo com ele o que fiz com grandes jogadores que estavam no começo da carreira,” afirmou Luxa.
Em outubro, abre-se o mercado de verão na Europa. Até lá Gabriel Veron já terá 18 anos e poderá aceitar proposta de compra.