Dois bombeiros perdem suas vidas em buscas no Guarujá; dezenas de mortos e desaparecidos

As chuvas fortes durante toda a madrugada desta terça-feira, dia 3, na Baixada Santista, litoral sul de SP, causou um estrago enorme e deixou muitas famílias devastadas e outras enlutadas.

Entre os moradores das cidades de Santos, São Vicente e Guarujá, existem mais de 50 pessoas desaparecidas, segundo informações da assessoria da Defesa Civil do Estado de São Paulo.

Outra notícia triste diz sobre o falecimento de dois homens do Corpo de Bombeiros, quando tentavam salvar a vida de uma mãe e seu bebê no Morro do Macaco Molhado, em Guarujá.

Ambos eram pais de família, deixando suas esposas e filhos órfãos.

Morais era morador de Guarujá, tinha duas filhas uma de 21 anos outra de 19 anos, e um adolescente de 16 anos.

Batalha deixou uma filha de 15 anos. Além dos bombeiros, mãe e bebê, também não resistiram.

Segundo a atualização das informações, dezenas de moradores faleceram, além disso, a região também registrou diferentes pontos de deslizamento de terra e alagamentos, se as chuvas continuarem, os estragos poderão ser bem maior.

Na grande cidade de São Vicente, a defesa civil registrou deslizamentos nos morros do Barbosa, Ilha Porchat e Parque Prainha.

Em uma clínica de repouso para idosos, o chão do banheiro cedeu e um idoso está desaparecido.