Brasil e EUA perto de fechar acordo militar inédito

Um acordo militar inédito está perto de ser fechado entre Brasil e Estados Unidos, abrindo o maior mercado de defesa do mundo à indústria nacional.

Conhecido pela sigla RDT&E, o acordo será assinado na semana que vem, durante a visita do presidente da República, Jair Bolsonaro, a Miami.

O acordo começou a ser negociado por iniciativa norte-americana em 2017, no governo de Michel Temer (MDB), mas a aproximação entre Bolsonaro e o presidente Donald Trump acelerou as tratativas.

Por ser internacional, o acordo precisa de ratificação dos Congressos dos dois países. A expectativa no Ministério das Relações Exteriores é de uma tramitação rápida.

A ideia é ampliar a penetração brasileira no mercado de defesa dos EUA. As parcerias farão as empresas brasileiras candidatas naturais a entrar em cadeias de produção global puxadas por americanos, destaca o jornal Folha de S.Paulo.