O corpo de um bebê de 4 meses foi encontrado na tarde desta quinta-feira (27). Dentro de uma espécie de balde em uma residência na Cidade Operária, em São Luís. Próximo ao Campo do Real. A mãe da vítima teria afogado a criança.

E, em seguida, queimou os documentos do menino e do marido dela, que estaria para a feira.

De acordo com informações do subcomandante do 6° Batalhão de Polícia Militar de São Luís, major Albuquerque, a área foi isolada para perícia e o Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para fazer os procedimentos de praxe.

Rita Soares Silva, de 27 anos, se apresentou voluntariamente à delegacia dizendo ter matado o filho. A mulher tem esquizofrenia e toma medicamentos controlados.

A suspeita confessou ter praticado o crime contra o bebê Gladson Fabio Soares Silva e já prestou depoimento no Plantão da Cidade Operária. O menino foi achado dentro do recipiente de cabeça pra baixo.

 

Essa publicação tem como fonte original:diariodaamazonia

Comentários

0 comments