Devido às fortes chuvas que castigaram Betim e outras cidades mineiras em janeiro, o governo federal antecipou o calendário de pagamento do programa Bolsa Família para beneficiários dos estados de Minas Gerais, do Espírito Santo e do Rio Grande do Sul. Desde a última quarta-feira (12), os beneficiários podem sacar a parcela de fevereiro. A antecipação é válida nos 227 municípios que tiveram situação de emergência ou calamidade pública reconhecida pelo governo federal, incluindo Betim.

 

De acordo com o Ministério da Cidadania, as famílias poderão receber o pagamento mesmo em caso de perda de documentos. O dia de saque do benefício do Bolsa Família corresponde ao Número de Identificação Social (NIS), que vem impresso no cartão do programa. Os que terminam com final 1 podem sacar o dinheiro no primeiro dia do pagamento. Os com final dois, no segundo dia, e assim sucessivamente, até o último dia do mês.

 

Para a secretária de Assistência Social, Fabiane Patrícia Quintela, a medida ajudar a amenizar os impactos do período chuvoso sobre as famílias atingidas. “Nós realizamos um trabalho contínuo de cadastramento e atualização dos dados dos beneficiários dos programas sociais, para garantir que elas tenham acesso aos seus direitos. Ficamos felizes com a antecipação na transferência dos recursos, porque sabemos do impacto disso na vida das famílias”, afirmou.

 

Ainda de acordo com secretária, os repasses referentes ao programa Bolsa Família movimentam a economia do município.
“Em fevereiro, apenas o programa Bolsa Família vai destinar ao município R$ 5.464.470,00. Esse dinheiro aquece nossa economia, por entrar no mercado em diversas formas de consumo. O BPC, outro benefício que também será antecipado neste mês, contempla mais de 13 mil pessoas, ultrapassando a marca dos R$ 14 milhões em repasses para as famílias e, consequentemente, para nossa economia”, declarou.

 

BPC
O governo federal também antecipou, ainda, o pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC), que estará disponível para saque, na quarta-feira (19). O benefício destinado às pessoas com deficiência e idosos, em situação de risco e vulnerabilidade social, também vai contribuir para a reorganização financeira de várias famílias atingidas pelas chuvas.
 

Essa publicação tem como fonte original:O Tempo

Comentários

0 comments