Odontopediatria: atenção para os dentinhos do seu filho

Mesmo antes de engravidar, os pais já estão preocupados com a saúde dos seus filhos. A verdade é que nunca vão deixar de se preocupar com isso.

Entretanto, no meio de todas essas preocupações, algumas coisas podem ser deixadas de lado e é o que normalmente ocorre em relação à saúde bucal.

Por esse motivo, é sempre importante não apenas cuidar, mas ter todos os cuidados necessários durante essa fase que é tão essencial para os pais e também para os bebês.

Por isso, desde o início da vida, os bebês já podem ir ao dentista infantil, da mesma forma que as mães devem realizar consultas durante a gravidez com o odontologista, para garantir que tudo está ocorrendo conforme o planejado.

O que é o pré-natal odontológico?
Profissionais da área da saúde odontológica apontam que o ideal é que as mães passem por um atendimento de pré-natal odontológico, tendo acesso a um plano dental especializado.

Isso ocorre por conta de todos as mudanças hormonais que as mulheres enfrentam nessa fase, o que pode fazer com que doenças gengivais ocorram e agravam o quadro da gravidez.

Normalmente, o pré-natal odontológico deve ocorrer em visitas a cada três meses, para que o dentista consiga garantir o melhor atendimento a futura mamãe.

O grande perigo da doença periodontal durante a gravidez é que, por conta da alta vascularização, a bactéria pode viajar pela corrente sanguínea até o útero. O sistema imunológico da mulher vai tentar combater esse agente infeccioso.

Dessa forma, há um aumento na produção de prostaglandina, que também é responsável por causar o parto prematuro da criança, podendo também causar a perda de peso do bebê.

Isso mostra como a saúde do bebê está relacionado com a odontologia mesmo antes da criança nascer. E é muito importante continuar com esses cuidados após o nascimento.

Quais são os primeiros cuidados?
Os cuidados devem começar mesmo desde antes dos primeiros dentinhos começarem a nascer. A higienização bucal do bebê pode ser feita com uma fralda limpa e levemente umedecida.

Com o dedo indicador enrolado na fralda, os pais devem passá-la delicadamente pelas gengivas, parte interna da bochecha e língua do bebê.

Dessa forma, é possível garantir que todos os resíduos de leite da boca do bebê que, independente de ser materno ou de fórmula, possui açúcares que podem causar a cárie de mamadeira, logo que os dentinhos começarem a nascer.

Quando levar o meu filho ao dentista?
Assim que os primeiros dentinhos começarem a nascer, você já pode levar o seu filho ao dentista infantil no consultório odontológico. Normalmente, isso ocorre entre os quatro e nove meses, dependendo da criança.

Nesse momento, além de uma rápida avaliação, o consultório odontológico do dentista infantil também é importante para instruir os pais a respeito dos próximos cuidados com a saúde bucal da criança, sobre como evitar as cáries e também para que os dentes nasçam fortes.

Ter um dentista especializado em saúde bucal da criança é essencial para garantir que o seu filho seja atendido com a atenção que merece e que evite procedimentos mais complexos como a utilização de um aparelho odontológico.

Além disso, todo o espaço da clínica de odontologia, assim como da sala de espera já é adaptado e pensado para entreter diferentes crianças e deixá-los mais tranquilos em relação à consulta.

Da mesma forma, o dentista infantil do consultório odontológico está acostumado a receber crianças de todas as idades e normalmente atende até a fase da adolescência. Sendo assim, está acostumado às irritações e desconfortos do bebê, por conta do nascimento dos dentes e sabe exatamente como cuidar disso.

Após a primeira consulta, assim como os adultos, o aconselhado é que as próximas ocorram também com a periodicidade de pelo menos uma vez a cada seis meses. Dessa forma, é possível garantir que o profissional irá acompanhar todas as principais fases de crescimento do seu bebê.

Atualmente, marketing digital para dentistas é utilizado pelos profissionais para que os seus consultórios sejam encontrados nas plataformas digitais. Sendo assim, ao pesquisar sobre um consultório odontológico de dentista infantil na internet, essa é uma das maneiras de encontrar.

Cuidado com a alimentação
A alimentação apresenta um papel fundamental para o organismo de todos os indivíduos. Da mesma forma, ela pode apresentar benefícios, assim como alguns malefícios.

Isso vale para a saúde de todo o corpo, mas também para a da boca. Por esse motivo, é sempre importante atentar-se ao que o seu filho ingere e se isso faz bem para ele ou não.

O grande vilão da saúde bucal é o açúcar. Quando esse alimento, assim como os carboidratos ricos em amido, entram em contato com as bactérias da boca, produzem substâncias ácidas que causam a desmineralização dos dentes e, consequentemente, as cáries.

O açúcar está muito presente na alimentação das crianças e, por esse motivo, é muito importante que os pais tenham atenção na quantidade que é ingerida, assim como se as escovações estão sendo feitas da maneira correta.

Dessa forma, é possível garantir ao seu filho uma boca saudável, livre de dores e desconfortos, possibilitando que ele tenha uma melhor qualidade de vida por conta disso.

Esse artigo foi escrito por Letícia Eleutério, redatora do Clinica Ideal.