Munoz no Palmeiras ? Nacional de nega a negociar com o verdão por conta de Borja. Entenda!

O Palmeiras quer o lateral-direito Daniel Muñoz, do Atlético Nacional. Isso não é mais segredo para ninguém. Anderson Barros viajou até Medellin junto de dois representantes do Palmeiras, mas não trouxe boas notícias.

Atlético não quer conversar com o Palmeiras
Em entrevista para uma rádio colombiana, Juan Pérez negou qualquer conversa com o Verdão pelo reforço. “Não tem nada. Aqui se diz que não se castra um cachorro duas vezes,” disse.

Pérez atrelou a negativa ao caso de Miguel Borja. “Essa é uma situação que vem desde o segundo semestre do ano passado. Houve o vencimento de um valor adicional pelo Borja, cobramos nossa parte em agosto e, após negarem o pagamento, fomos à Fifa, onde está o caso,” afirmou.

Palmeiras não reconhece dívida por Borja
Em fevereiro de 2017, o Alviverde contratou o centroavante Miguel Borja por R$ 33 milhões. A totalidade do valor foi repassada da Crefisa para o Atlético Nacional.

No contrato assinado havia uma cláusula que previa o pagamento de US$ 3 milhões caso Borja continuasse vestindo a camisa palmeirense até agosto de 2019.

O Departamento Jurídico do Palmeiras não entendeu dessa forma e o pagamento não foi feito. Dirigentes colombianos decidiram encaminhar o caso à FIFA. Ainda não existe previsão de conclusão do processo na entidade máxima do futebol.

Borja não joga mais no Brasil. Está emprestado ao Júnior Barranquilla. Se marcar 23 gols ou atuar em 73% dos jogos como titular, o centroavante terá 50% dos seus direitos econômicos comprados pelos colombianos.