Homem é preso portando arma de fogo na “boate” em Fronteira

DURANTE EXECUÇÃO DE OPERAÇÃO BATIDA POLICIAL NA BOATE, OS POLICIAIS ABORDARAM O AUTOR AO INICIAR A ABORDAGEM, ELE SE IDENTIFICOU COMO AGENTE PENITENCIÁRIO, INFORMANDO QUE ESTARIA ARMADO E QUE A ARMA ENCONTRAVA-SE EM SUA CINTURA.

NESTE MOMENTO, OS PMS RETIRARAM A ARMA E LHE SOLICITARAM A DOCUMENTAÇÃO PERTINENTE.

O AUTOR APRESENTOU O RESPECTIVO CRAF. APÓS REALIZAR A DEVIDA CONFERÊNCIA, FOI DEVOLVIDO A ARMA A ELE QUE PASSOU A SER ORIENTADO, PARA SUA PRÓPRIA SEGURANÇA.

FOI INFORMADO A ELE QUE, UMA VEZ QUE ELE FOI IDENTIFICADO EM MEIO AOS OUTROS PRESENTES NO LOCAL QUE ELE É UM AGENTE DA SEGURANÇA PÚBLICA E QUE SE ENCONTRAVA ARMADO, NÃO ERA MAIS CONVENIENTE QUE PERMANECESSE NAQUELE LOCAL.

RESSALTA-SE QUE EM LOCAIS SEMELHANTES, É COMUM A PRÁTICA DE TRÁFICO DE DROGAS E A PRESENÇA DE INDIVÍDUOS EM CONFLITO COM A LEI. DURANTE TAL DIÁLOGO, O AUTOR PASSOU A SE PORTAR DE FORMA ESTRANHA, E FOI PEDIDO POR DIVERSAS VEZES PARA QUE ELE SE ACALMASSE, PORÉM ELE MANTINHA-SE INQUIETO, DEMONSTRANDO ESTAR DESCONTROLADO, AO QUE AS DEMAIS PESSOAS NO LOCAL PASSARAM A FICAR INQUIETAS, TEMENDO O QUE PODERIA OCORRER.

NESTE MOMENTO OS PMS NOTARAM QUE O AUTOR ESTAVA EMBRIAGADO. ELE PASSOU ENTÃO A DIZER POR REPETIDAS VEZES, COM A CABEÇA BAIXA VOCÊS ESTÃO ME DEIXANDO NERVOSO, TREMENDO E EMITINDO SONS ESTRANHOS, COMO SE ESTIVESSE “ROSNANDO”.

NESTE MOMENTO, FOI ORDENADO PARA QUE O AUTOR ASSUMISSE A POSIÇÃO DE BUSCA, FOI RECOLHIDA A ARMA, DADO VOZ DE PRISÃO E REALIZADA SUA ALGEMAÇÃO.

POSTERIORMENTE FOI APRESENTADO, JUNTO AO MATERIAL RELACIONADO NA DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL.

Essa publicação tem como fonte original:portaldomundim