Chegou ao fim a segunda passagem de Anderson Barros pelo Botafogo. O gerente de futebol pediu demissão do departamento de futebol nesta terça-feira para assumir a diretoria técnica do Palmeiras, que recentemente desligou Alexandre Mattos do cargo.
Anderson Barros estava na gerência do Fogão desde o início da gestão do presidente Nelson Mufarrej, em 2018.
No currículo, o título do Campeonato Cariocado mesmo ano. Seu trabalho foi criticado diversas vezes devido às contratações que pouco agradaram à torcida alvinegra.
As eliminações precoces na Copa do Brasil e Copa Sul-Americana e ao fraco desempenho no Campeonato Brasileironas últimas duas temporadas