A dor de cabeça é bem comum em quadros de estresse ou ansiedade, porque podem estar relacionadas às insônias e hábitos alimentares ruins, típicos de quem é diagnosticado com essas doenças.
E alguns alimentos só pioram esse quadro!
Como aqueles ricos em cafeína, como café, refrigerantes, chá mate ou preto, que podem alterar a contração dos vasos sanguíneos. No caso de pessoas que estão habituadas a ingerir certa quantidade diária de cafeína, a dor de cabeça pode ser desencadeada por sua abstinência.
Os carboidratos refinados também são um perigo para quem já sofre de dor de cabeça, porque provocam picos de glicemia e são inflamatórios, podendo aumentar as dores.
Outros alimentos que devem ser evitados são os embutidos, queijos, chocolate e bebidas alcoólicas, porque eles têm uma substância chamada amina, que favorece as dores de cabeça porque muda a dilatação dos vasos sanguíneos. Alimentos gordurosos e bebidas alcoólicas também entram na lista dos não indicados.
Agora, alguns alimentos também podem ajudar a diminuir e até acabar com as dores de cabeça. Como, por exemplo, aqueles ricos em triptofano (verduras, ovos, carnes magras) e alimentos fontes de ômega 3, como linhaça e peixes.
Outra dica é ingerir chá de gengibre ou chá de hortelã (sem açúcar), pois possuem ação anti-inflamatória e analgésica, o que ajuda a melhorar o fluxo sanguíneo e aliviar as dores.