Durante um tempo, Therese Kozlowski, se sentia doente, com sintomas de exaustão, enjoo e visão turva, sempre que tomava o café oferecido por seu marido de 46 anos, Brian Kozlowski.
A medida que foi percebendo que esse fato, a mesma começou a desconfiar do marido, e decidiu investigar. Através de uma câmera escondida, a moça descobriu o que seu marido estava fazendo contra ela.
Ela descobriu que Brian, enquanto fazia o café, colocava um tipo de substância, chamada anti-histamínica na bebida, o que aos poucos estava envenenando a esposa.
Conforme a publicação feita pelo jornal Extra, o marido passou a cometer esse ato nocivo, após a esposa pedir o divórcio, que foi em maio do ano anterior. Eles estavam casados há 23 anos e têm 3 filhos, mesmo depois de ter pedido o divórcio Therese e Brian ainda estavam morando juntos no Condado de Macomb, em Michigan, Estados Unidos.
O fato de morarem na mesma casa depois do pedido de divórcio, eles aparentemente se relacionavam somente bem, mesmo com a moça sendo envenenada sem saber durante dois meses.
Com as provas em mãos, vídeos e imagens registrados pela câmera escondida que foi colocada por Therese, Brian vai ser preso por dois meses, e isso porque foi feito um acordo na justiça, que se fosse à julgamento, poderia pegar até 15 anos de prisão.