Um gato morreu após ser vítima de um ataque em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo.

Imagens de raio-x possibilitaram a identificação de mais de cem perfurações causadas por tiro, possivelmente de chumbinho, no corpo do animal. As regiões mais atingidas foram a cabeça, os olhos e o tórax.

De acordo com a veterinária Renata Marçolla, que chegou a socorrer o animal, uma pessoa que mora na zona rural da cidade ouviu barulhos durante a madrugada de quinta-feira e ao sair na rua se deparou com o gatinho caído. Ela socorreu o animal e levou até uma clínica 24 horas. A pessoa responsável por causar os ferimentos ainda não foi identificada.

“Ele [gato] chegou aqui muito debilitado e com muito sangue pelo corpo. Inicialmente achávamos que ele tinha sido agredido porque ao lado dele foi encontrada uma pá”, conta a veterinária.

O animal recebeu atendimento veterinário durante 24 horas. Analgésicos, antibióticos e anti-inflamatórios foram aplicados. O gato, no entanto, não resistiu aos ferimentos e morreu.