Nesta sexta-feira (6), o deputado federal Marco Feliciano utilizou suas redes sociais para pedir uma união de “igrejas e pessoas de bem” contra o Porta dos Fundos. A medida ocorre após o grupo lançar um novo especial de Natal.
Em sua publicação, ele mostrou uma vez que entrou na Justiça contra o Porta, mas não teve sucesso.
Cristãos e não cristãos me cobram atuação contra os irresponsáveis do Porta dos Fundos. Em anos anteriores já os processei, mas a “Justiça” diz q é liberdade de expressão. Está na hora de uma ação conjunta das igrejas e pessoas de bem para dar um basta nisso. Unidos somos fortes! – escreveu.
O processo apontado pelo parlamentar trata de um vídeo de 2013, o especial de Natal do grupo com personagens bíblicos. Na ocasião, Feliciano chegou a pedir indenização de R$ 1 milhão.
No entanto, a Justiça decidiu arquivar a ação no ano seguinte

No especial o porta dos fundos coloca Jesus como Gay tendo um caso com um travestir, José com ciúmes de Deus e e Maria traindo Jose com Deus, eles zombam da fé de todos os cristãs.