​Marcos Braz é, sem dúvidas, o dirigente com mais visibilidade dos quatro grandes clubes do Rio de Janeiro. O vice-presidente de futebol do Flamengo foi um dos principais responsáveis pela montagem do elenco ​Rubro-Negro nessa temporada e é idolatrado nas redes sociais pelos torcedores do Mengão. O cartola passou a usar mais a internet para falar do Mais Querido do Brasil e já disse que gosta de interagir com a Nação.
Em uma longa entrevista divulgada pelo jornal carioca “​O Dia”, feita pelo jornalista Venê Casagrande, o vice de futebol abriu o jogo sobre contratações do Fla para o ano que vem, cita Dudu como um “ótimo jogador” e projetou como está sendo feito o processo para reforçar a equipe flamenguista visando conquistas mais títulos em 2020.
“(Nomes de jogadores na mira 2020) Tenho, mas não vou te falar. Não posso. Atrapalha a negociação, encarece para o Flamengo, mas entendo a sua pergunta. Tudo tem o seu tempo. (Balotelli, Jemerson e Thiago Maia) O Flamengo, naquele momento, entendia que seria uma boa contratação. Não foi possível, mas isso é desconectado para agora. Agora é zerar a pedra e vê o que está sendo oferecido. Muita coisa que está sendo oferecido diariamente. Depois que oferecido, a gente conversa. Três grandes jogadores, mas não tem nada avançado assim. Não é porque o Flamengo pensou que poderia tentar de novo. Vamos aguardar. Não tem essa agonia toda. Vamos maturar primeiro os títulos. Títulos difíceis de ganhar. Dudu é um grande jogador, como vários do Palmeiras. Acho que qualquer jogador que possa reforçar o elenco, é importante”, explicou Braz.