A Polícia Civil de Canela, na Serra gaúcha, prendeu em flagrante, na tarde deste sábado (30), um homem suspeito de tentar matar a ex-companheira e a enteada. Ele teria ateado fogo na casa delas, nesta madrugada, com ambas dentro. Mãe e filha, de 18 anos, conseguiram fugir e não se feriram.
O crime foi registrado por câmeras de segurança. O homem teria deixado o local por volta da 1h50, caminhado até o carro e fugido. Minutos depois, as chamas começaram a consumir a casa de madeira, na Alameda Oliveira, a 1,5 km do Centro da cidade.
Segundo o delegado Vladimir Medeiros, o suspeito teria usado gasolina para iniciar o fogo. Ele foi encontrado e preso em flagrante durante a tarde. O carro utilizado no crime foi apreendido.
Carro usado no crime foi apreendido pela Polícia Civil de Canela — Foto: Polícia Civil / Divulgação
Carro usado no crime foi apreendido pela Polícia Civil de Canela — Foto: Polícia Civil / Divulgação
O delegado afirma que o suspeito deve ser indiciado por tentativa de feminicídio (contra a ex-mulher), tentativa de homicídio qualificado (contra a enteada) e incêndio criminoso qualificado. Ele foi encaminhado ao Presídio Estadual de Canela.
“São crimes graves, com penas altas e absolutamente inadmissíveis, ainda mais por se tratar de caso de violência doméstica e familiar contra a mulher.”
A vítima, que é funcionária de serviços gerais da Polícia Civil, começou a receber auxílio da comunidade. Os policiais iniciaram uma campanha para arrecadar doações.
Todos os móveis e pertences das duas foram perdidos, segundo a polícia. Os bombeiros foram chamados para combater as chamas, mas a casa ficou destruída.