Um alpinista recordista morreu depois de cair de uma altura de 200 metros no México, na última quarta-feira (27). Brad Gobright, de 31 anos, estava descendo o Sendero Luminoso quando despencou e morreu.
Alpinista estava com amigo quando despencou 200 metros
Brad estava com Aiden Jacobson, de 26 anos, descendo com uma corda de rapel, de 80 metros, depois de atingir o pico. Segundo o site Outside France, a dupla teria se esquecido de dar os nós na corda e o alpinista recordista acabou despencando.
Jacobson também caiu ao mesmo tempo, mas ele teve a queda interrompida por arbustos, sofrendo apenas ferimentos no tornozelo.
“Perguntei se estávamos bem e ele disse: ‘Sim, podemos desembaraçar a corda no caminho’. Eu estava um pouco acima dele. De repente, senti um estalo e começamos a cair“, disse Jacobson ao site.
Brad Gobright bateu recorde em 2017
Há dois anos, Brad Gobright bateu o recorde de menor tempo de escalada na Rota Nose, em El Capitan, no Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia.