A idosa foi morta a pauladas e o filho afirmou ter recebido ordem do diabo para matá-la. A Polícia informou que ele usa drogas e apresenta sinais de delírio mental.

Policiais que estiveram no local onde foi preso Antônio Alberto Moreira da Silva, 34, suspeito de matar a mãe de 74 anos a pauladas, afirmaram que ele é usuário de drogas e estava com sinais de delírio mental.

O POVO apurou que Antônio chegou a dizer que recebeu uma ordem do diabo para matar a própria mãe.

Maria Moreira de Andrade, de 74 anos, foi morta na cidade de Itapajé, na própria residência. Alberto foi autuado por feminicídio. O procedimento foi feito na Delegacia de Itapipoca, mas seria encaminhado à Tianguá.

Alberto possuía antecedente criminal por violência doméstica.